terça-feira, 10 de abril de 2012

Migalhas

senhoritaraiazac.wordpress.com

Em silêncio olho o mundo 
brindo a dois o desengano,
quando a vida passa ao lado
ousando viver por ti.

Em silêncio ouço a voz
de quem fala sem ouvir,
as vozes que são queixumes
e calo por não sentir.

Em silêncio sinto o toque
e o brinde de uma carícia,
pousando suave e fugaz
e sinto por não fugir.

Vivo a vida com prazer
sem o prazer das lembranças,
migalhas do amor perdido
e espero por não morrer.

Migalhas que enchem o amor,
sentir de um triste lamento,
migalhas de ti, sabem a pouco,
doce e amargo é deste tempo.
Mariajoao 09/04/2012 



1 comentário:

  1. esta muito lindo adorei maria joão...até a joaninha o leu obrigada parabens

    ResponderEliminar